ASTRAL LUNAR


A lunação de Peixes – de 6 de março a 4 de abril

Depois da atualização de sistema operacional – que chamamos de “sistema de crenças” – da lunação aquariana, chegamos à lunação de Peixes com uma nova mentalidade. Mas isso é o que os nossos sentimentos vão dizer: se mudamos mesmo a nossa forma de pensar, ou não. Nessa lunação pisciana, vamos tratar dos sentimentos que ainda nos prendem às nossas crenças limitantes. Enquanto não houver uma mudança de sentimento, não há uma verdadeira mudança de pensamento. E no final das contas, é tudo sobre o sentimento: amor. Estamos aqui na Terra pra aprender a amar. A quinta dimensão da consciência se abre a partir do chacra do coração. Por isso, ainda estamos em um astral de cura, agora sob uma energia espiritual, inspiradora, intuitiva e criativa. Uma abertura pra acessar energias mais sutis, nos libertar da roda de repetições do carma e imaginar uma vida nova, em um novo mundo.

Peixes é o último signo do zodíaco, que corresponde ao último mês do ano astrológico. E tudo escoa para o oceano, fim e princípio da vida. Nesse momento, temos muitas revisões a fazer. Assuntos retornam pra serem curados com uma nova compreensão, o que se trata, essencialmente, da necessidade de perdão. Seja pra terminar uma história, seja pra concluir um capítulo e começar outro, nessa lunação de Peixes precisamos perdoar e ser perdoados. Enquanto não houver perdão, o fluxo da energia fica preso e não evoluímos.

Mercúrio iniciou o movimento retrógrado ontem, dia 5 de março, e só volta a andar pra frente nos últimos dias da lunação, em 28 de março. Mas o ano novo astrológico começará no meio disso, no Equinócio de Outono, dia 20, quando o Sol entrar em Áries e ao mesmo tempo a Lua for Cheia em Libra. A Lua Cheia é sempre uma colheita (já leu meu texto na página da Mandala da Lua pra acompanhar esse horóscopo lunar em todo o seu potencial de manifestação?). Uma Lua Cheia em pleno ano novo astrológico será o momento de fazer as escolhas para o novo ano, que começará pra valer na Lua Nova em Áries, dia 5 de abril.

Até lá, ainda podemos experimentar algumas confusões da retrogradação de Mercúrio em Peixes, esse signo de imaginações, mas também de ilusões e enganos. Chega de fake news, chega de mentir pra nós mesmos. Quem tiver em sintonia com a intuição – e nisso a Mandala da Lua pode ajudar – vai viver um ciclo de muitos esclarecimentos, recuperando a magia da vida. E aí, quando a Lua for Cheia em Libra, vai estar menos à mercê do destino e mais no seu poder de co-criação com o universo, que responde pelo bem maior de todos e do planeta. Co-criar é uma abertura pra receber as oportunidades de realizar suas intenções! Quanto mais tentamos controlar um determinado resultado, mais fechamos o campo das possibilidades infinitas.

Com Urano em Touro a partir de hoje e pelos próximos sete anos, estamos cada vez mais conectados ao nosso planeta e à natureza. Pés no chão: Urano em Touro pede respeito aos nossos recursos naturais. É uma nova consciência sobre nosso poder de manifestação, o que promoverá uma nova visão do nosso sistema financeiro e produtivo, dos nossos gostos, valores e senso estético. Por um mundo menos capitalista e mais sustentável. Por um mundo mais belo!

O próximo horóscopo lunar será publicado no dia 5 de abril.

Maína Mello

Maína Mello começou a estudar Astrologia aos sete anos, se formou em Jornalismo pela PUC-Rio e hoje é astróloga com vasta experiência profissional. Escreve horóscopos, livros, oferece consultas particulares presenciais e virtuais, cursos, oficinas, reúne grupos em retiros e rituais, produz conteúdo para marcas e ainda vai criar muita coisa com os astros!

Scroll to top