Astral lunar – setembro 2019

A lunação de Virgem – de 30 de agosto a 27 de setembro

Com cinco planetas em Virgem – o Sol, a Lua, Mercúrio, Vênus e Marte – temos na Lua Nova virginiana essa configuração astrológica rara que chamamos stellium – quando cinco ou mais astros fazem conjunção no mesmo signo. É muita energia focalizada, e isso em Virgem, um signo focado. Quer dizer, no que você vai focar sua intenção? Essa é uma lunação poderosa pra trabalhar o seu poder de manifestação.

Aqui no Mapeando eu venho transmitindo o poder de manifestação através da Mandala da Lua, que nada mais é do que o mapeamento do ciclo de lunação dia a dia, fase a fase, sincronizado ou não com seu ciclo menstrual, caso você não menstrue. Virgem é o único signo representado por uma mulher no zodíaco e gosto sempre de lembrar que essa mulher é uma sacerdotisa da Deusa. Mas todos podem acompanhar o ciclo de lunação. Assim, cada um pode não apenas se reconectar com o cosmos e a natureza, como compreender seu próprio ritmo e o tempo de tudo na sua vida.

A energia virginiana funciona de maneira diferente pra cada um dos outros onze signos, e no Mapeando oriento cada um a se apropriar dessa energia ao seu modo. Mas de qualquer maneira, você pode colocar sua intenção naquilo que for mais importante pra você agora.

Com tudo o que vem mudando aceleradamente no mundo, nesse momento em que a Terra está passando por um processo de ascensão da consciência, não deixa de ser um ciclo de purificação, pois Virgem, em sua análise crítica e seu processo seletivo, tem seus descartes, limpezas e curas. Mas é sobretudo um ciclo produtivo, de aprimoramento, e isso pede dedicação. Não desperdice essa energia, nem seu tempo, nem o dos outros, criando resistência. Deixe que essa energia alquímica reorganize seu sistema corpo-alma, sendo mais receptiva às necessárias mudanças.

No dia 14, a Lua Cheia em Peixes banha a todos pra lavar as mágoas e ressentimentos e reconectar à fonte. Extremamente sensível, esse momento pede muita escuta interna e externa, mas com uma boa filtragem: afinal, do que você se alimenta? Se esse é o momento da colheita, do universo responder às nossas orações, quem vibra no desamor espera receber o quê?

Mercúrio e Vênus entram juntos em Libra nesse mesmo dia, o que é bom pra harmonizar o diálogo com nossos próprios desejos e representa uma noção de ética e equilíbrio nas relações e interações sociais. Ainda teremos desafios nesse sentido, mas com esse trânsito tão charmoso, tudo pode ficar mais bonito. Ainda mais com o Sol em Libra inaugurando a primavera no equinócio em 23 de setembro.

A Lua será Nova em Libra no dia 28 de setembro.

Astral lunar – agosto 2019

A lunação de Leão – de 1 a 29 de agosto

Depois de tudo que desconstruímos e construímos na lunação eclipsada de Câncer e Capricórnio, entramos na lunação de Leão com a maior vontade de criar algo novo em nossas vidas. Leão é o signo da criatividade, da nossa criança interior que é autêntica e tem alegria no coração, que se expressa de forma espontânea. É esse o espírito dessa lunação apaixonada!

Temos enfim condições de inaugurar uma nova fase, favorável pra todo tipo de semeaduras. Temos mais autoconsciência, à disposição de uma reinvenção pessoal. Alimentamos nosso amor próprio. Desejamos a luz, queremos expandir nosso brilho e que as pessoas vibrem junto com a gente. Colocamos mais energia nas nossas intenções. Sem constrangimentos, podemos improvisar mais. Precisamos nos sentir mais livres!

O desafio é não acabar engrandecendo demais o ego, sem reconhecer nossa essência. O ego tem sua função: ele nos individualiza, é a nossa criatividade em atuação. O problema é quando ele quer todas as atenções pra si, entra em um modo controlador e competitivo que não reconhece o valor dos outros. Cultivar a alegria é deixar que todos brilhem!

No dia 15, a Lua Cheia em Aquário vem como uma autorização pra ser original e revolucionar a própria vida. Vem também como um lembrete de que vivemos em rede e o que acontece a um, acontece a todos, então que precisamos alimentar nosso sentimento de coletividade e colaborar mais uns com os outros. Um lembrete também de que passamos por mutações ao longo da vida pra seguirmos evoluindo.

Marte entra em Virgem no dia 18 e é uma força superprodutiva. É hora de fazer! Podemos ficar mais críticas também, com um nível de exigência mais alto, ainda mais com Vênus em Virgem a partir do dia 21. Mas por outro lado, Virgem é um signo de simplicidade, e Vênus em Virgem aprecia a beleza natural. Como o Sol entra em Virgem no dia 23, quando começa a fase Minguante, podemos aproveitar essa energia no fim do ciclo pra botar os pés novamente no chão, em contato com a natureza, e valorizar nossos recursos, separar o joio do trigo e trabalhar com dedicação pra continuar realizando na próxima lunação o que nossa criatividade inventar.

A Lua será Nova em Virgem no dia 30 de agosto.

Dá só uma olhada na minha agenda de eventos em agosto no Rio!

A lunação de Câncer

A lunação de Câncer – de 2 a 31 de julho

Desde julho do ano passado que começou uma série de eclipses no eixo zodiacal de Câncer e Capricórnio que já falei outras vezes por aqui. É uma série que vem desconstruindo o mundo como conhecemos, essa estrutura patriarcal, capitalista, egocêntrica e competitiva que vem sendo tão questionada, e que também vem resistindo muito a ceder. Até o final de 2020 vamos atravessar essa série de eclipses que está quebrando nossas cascas, o que mexe com o planeta, as instituições e todo o nosso sistema de crenças (limitantes) pra dar à luz uma nova consciência ancorada no coração – os eclipses apontam para o signo de Câncer como ponto de evolução, o signo das origens, da casa, da família, da memória, da maternidade, da intimidade e dos vínculos. Isso tem muito a ver com a cura do sagrado feminino, que representa também a cura do masculino.

Como agem os eclipses? Gosto de dizer que são as engrenagens do destino que põem a roda da vida pra girar. Entenda como destino a consequência das nossas (não) escolhas. Um eclipse é um alinhamento entre o Sol, a Lua e a Terra no qual um dos luminares é temporariamente apagado. Nesse momento, aparece o que estava oculto. De dentro pra fora, de fora pra dentro, vêm as consequências como momentos de finalizações ou rupturas, ou como a oportunidade de novos começos. Podemos sentir mais uns eclipses do que outros, dependendo de que casa ou planeta temos nos signos envolvidos em nosso mapa astral individual. Se você tiver Sol, Lua, ascendente, meio do céu ou qualquer outro planeta, principalmente os pessoais (Mercúrio, Vênus, Marte) nesses signos, vai sentir mais. Mas de qualquer forma, esse eixo ocupa algum par de casas astrológicas no seu mapa, e é nessa área da vida que você vai sentir algum efeito (pode ser na área financeira, criativa, social etc).

Nessa lunação, teremos também Mercúrio retrógrado em Leão que, junto com Marte no mesmo signo, atestam a importância de recuperar nossa essência, muito mais profunda que o ego, que é na verdade aquela chama geradora e criativa que nos mobiliza. Então no meio das revisões, atrasos, mudanças de planos, vale a pena se voltar para o que realmente interessa.

O próximo horóscopo lunar será publicado em 1 de agosto.

P.S: Já leu meu novo livro Efeito Lilith? Compre aqui !

A lunação de Gêmeos

A lunação de Gêmeos – de 3 de junho a 1 de julho 

Começamos uma nova lunação com a Lua Nova em Gêmeos. Esses costumam ser ciclos super interessantes, já que Gêmeos é o signo da comunicação, curioso que só, e sempre traz alguma novidade pra movimentar as coisas. Com Mercúrio também em Gêmeos, ficamos ligadinhas em tudo que está acontecendo ao redor. E nos expressamos mais, de todas as formas possíveis: falando, escrevendo, cantando, meme-tizando a vida!

Este é um ciclo de transição importante: não apenas estamos terminando o primeiro semestre, como em julho já teremos mais dois eclipses no eixo zodiacal de Câncer e Capricórnio pra realinhar tudo outra vez. A cada seis meses temos uma nova temporada de eclipses, as engrenagens do destino que põem a roda da vida pra girar, promovendo uma nova consciência e mudanças de dentro pra fora e de fora pra dentro. Os atuais eclipses entre esses dois signos estão mexendo com as estruturas do mundo, pra reconstruir tudo de uma forma diferente. Todo um sistema de crenças limitantes se abrindo a uma visão mais inclusiva e ligações mais amorosas. Nesse processo, estamos todos tendo que lidar com algumas resistências.

Mas aí vem Gêmeos, com sua energia interativa, levando a gente circular por aí, a se interessar por outros pontos de vista, e aprender coisas novas, conversar e se entender com os outros. Isso pode estar sendo um pouco confuso, enevoado e dispersivo nesse início de lunação, a forte energia de Netuno se infiltrando na Lua Nova sugere que a imaginação tem papel essencial sobre nossas ideias, estamos sensíveis e inspirados, mas também precisamos de mais clareza sobre as questões que nos tocam. Mercúrio entra em Câncer no dia 4 de junho e é um grande contador de histórias.

Vênus está em Touro, vaidosa e de bom gosto apuradíssimo, no desejo por relações gostosas e confiáveis. Seguimos assim até o dia 8, quando Vênus entra em Gêmeos e dinamiza afetos e encontros. Mas com Marte em Câncer abrindo passagem para o eclipse solar no signo em 2 de julho, escoamos mais ao encontro de quem acolhe nosso coração. Temos que tomar cuidado com situações que não favorecem nossa sensibilidade nesse momento. Há desafios de comunicação e negociação que nos deixam mais suscetíveis e precisamos estar mais no controle dos nossos instintos, agir e reagir com cuidado em relação aos outros.

A Lua Cheia em Sagitário no dia 17 é o otimismo que precisamos pra seguir promovendo mudanças. Conjunta a Júpiter, é super próspera, mas também dada a exageros. Precisamos confiar que caminhos se abrem sem necessidade de forçar nada, apenas com a força da nossa verdade e acolhendo os outros em suas verdades. Que são sempre subjetivas.

O próximo horóscopo lunar será publicado em 2 de julho.

 

Recados:

Convido o pessoal do Rio de Janeiro pro lançamento do meu novo livro! Efeito Lilith é minha estreia na ficção. O convite pra noite de autógrafos, dia 13/06 na Livraria da Travessa de Ipanema, está aqui

E quem não é do Rio, o livro já está chegando às lojas, mas dá pra comprar online com desconto aqui !

Já se cadastrou na minha newsletter pra receber as novidades? Você também pode ficar sabendo através das minhas redes sociais, os links estão no rodapé do site.

 

Atraso no horóscopo da lunação de Gêmeos

Amadas leitores, estou atrasada com o Mapeando desta lunação de Gêmeos. 

Hoje a Lua Nova em Gêmeos abre uma lunação que tem um astral de transição. É que em julho já vai rolar mais uma temporada de eclipses no eixo Câncer- Capricórnio e realinhamentos gerais pra todos. Mas antes, como signo de comunicação, Gêmeos tem uma energia flexível que estimula a nos articular e adaptar a pessoas e situações. Nesses diálogos todos, às vezes silenciosos, nem sempre rola um entendimento bacana. Mas afinal todo mundo está sempre no seu ponto de vista, fala e escuta a partir dele. Pra muitos, falar é mais fácil que ouvir, mas há quem tenha dificuldade de se expressar.

Estou aqui tentando contar o que senti dessa lunação nesses últimos dias escrevendo o Mapeando, até pra me desculpar por ainda não ter terminado de escrever. Talvez eu só consiga postar os horóscopos da lunação amanhã. A escrita não está fluindo rápido dessa vez, acontece.

Mas então, a verdade é um troço muito subjetivo, sabe? É importante entender isso, se gostaria de compreender melhor os outros. Estamos o tempo todo nos contando a história da nossa vida, na qual somos protagonistas. Tudo é narrativa. Se você vai numa astróloga, você está pedindo a alguém que ajude você a contar sua própria história de vida, de onde você veio, pra onde pode ir, quais são seus propósitos. Aprendemos muito com a vida das pessoas com quem convivemos, com as notícias que lemos nas mídias. Aprendemos com as histórias que lemos e vemos em filmes, ficção ou não. Mesmo não sendo a nossa história pessoal, podemos ser tocados, somos capazes de nos emocionar, refletir e aquilo provocar mudanças em nós. Às vezes um conto é mais eficiente pra ensinar que uma aula.

É claro que precisamos ser seletivos quanto à informação que ingerimos, precisamos de discernimento e isso vem com uma boa educação. Temos muita imaginação e pouca interpretação de texto. Neste mês, podemos aprender mais com as histórias, sem tantos julgamentos, com mais coração. Cada um passou pelo que passou, vai passar pelo que vai passar. Que sentido tem a sua história? E o que dizer da história do mundo? Vivemos uma história em comum, que cada um interpreta de um jeito.

Aproveito pra convidar o pessoal do Rio de Janeiro pro lançamento do meu novo livro! Efeito Lilith é minha estreia na ficção. O convite pra noite de autógrafos, dia 13/06 na Livraria da Travessa de Ipanema, está aqui !

E quem não é do Rio, o livro já está chegando às lojas, mas dá pra comprar online com desconto aqui !

A lunação de Touro – de 4 de maio a 2 de junho

A lunação de Touro – de 4 de maio a 2 de junho

Entramos em uma lunação mais tranquila em comparação à anterior. A energia de Touro é constante, fértil, feminina, sensual e nutritiva. Tempo de honrar a natureza, o sexo, o trabalho e nossa ligação com o mundo material. De determinar objetivos e cultivá-los com cuidado, afeto e paciência. De buscar a realização dos nossos sonhos com sensibilidade.

Mas é verdade que, com Urano em Touro, as experiências representadas por esse signo têm sido sacudidas pelos ventos da mudança. Nossos gostos e valores estão mudando à medida em que questionamos as estruturas do mundo patriarcal, capitalista e competitivo, em busca de reconexão com a humanidade, o planeta e o cosmos. Agora precisamos ser mais desapegadas pra que as mudanças possam acontecer numa boa.

Na primeira parte da lunação, com o Sol e Mercúrio em Touro, a Vênus em Áries e o Marte em Gêmeos, estamos dando conta dessa necessidade de mudança, enfrentando desafios. Há mais paixão no ar do que Touro gostaria de admitir, até a Lua Cheia em Escorpião no dia 18 transformar as sombras em luz. A partir do dia 21, com Sol e Mercúrio em Gêmeos, a Vênus em Touro e o Marte em Câncer, tudo pode ir se encaixando com mais sentimento e naturalidade.

Vamos aproveitar essa lunação pra gozar das coisas boas da vida e nos estabilizar, antes que a próxima lunação geminiana já comece a articular tudo pra mais uma temporada de eclipses!

 

O próximo horóscopo lunar será publicado em 3 de junho.

Vem comigo no meu novo retiro Caldeirão da Lua, no feriado de Corpus Christi! Informações aqui.

A lunação de Áries – de 5 de abril a 3 de maio

A lunação de Áries – de 5 de abril a 3 de maio

O ano novo astrológico pode ter começado oficialmente no Equinócio de Outono em 20 de março, mas como sempre precisamos de uma Lua Nova pra ter uma energia de início, é na Lua Nova ariana de hoje, 5 de abril, que o ano novo começa pra valer. Depois dos eclipses em Capricórnio, do sistema de crenças de Aquário, e de Mercúrio retrógrado em Peixes repensando os sentimentos, de janeiro até aqui, e tudo que superamos de crenças limitantes, enfim pode rolar aquela atualização de sistema, pra gente renascer com uma nova mentalidade! Estamos conscientes de como certos padrões, comportamentos e expectativas de antes já não nos servem mais. Temos uma chance real de desapegar das ilusões e direcionar a energia para os nossos verdadeiros propósitos.

Mas com o regente desta lunação, Marte, aliás o regente de 2019, transitando por Gêmeos, a princípio ainda podemos precisar flexibilizar e testar possibilidades antes de definir uma escolha. Lembrando que dentro do princípio da co-criação, definição é um ponto de vista e enquanto estamos criando, estamos mais abertos para o campo das possibilidades infinitas. Mas afinal chega o momento de fazer escolhas pra manifestar nossas intenções. Precisamos confiar no processo enquanto nos empoderamos pra tomar decisões mais coerentes. É hora de fazer acontecer!

Uma segunda Lua Cheia em Libra consecutiva, como na lunação passada, traz novamente uma energia de equilíbrio. Mas se no clímax lunar anterior havia uma urgência de libertação, agora estamos mais alinhados com os anseios da alma. Um contraponto necessário às desafiadoras questões materialistas deste ciclo que começa no fogo de Áries, passa pelas provações de Saturno, Plutão e dos eixos nodais em Capricórnio na desconstrução do mundo patriarcal, capitalista, egocêntrico e competitivo, até chegar à revolução natural do Sol em conjunção a Urano em Touro durante a fase Cheia. Isso significa também que precisamos nos esforçar pra ter resultados, com coragem e audácia, mas de forma consistente.

Que a força esteja com você!

 

O próximo horóscopo lunar será publicado em 4 de maio.

A lunação de Peixes – de 6 de março a 4 de abril

A lunação de Peixes – de 6 de março a 4 de abril

Depois da atualização de sistema operacional – que chamamos de “sistema de crenças” – da lunação aquariana, chegamos à lunação de Peixes com uma nova mentalidade. Mas isso é o que os nossos sentimentos vão dizer: se mudamos mesmo a nossa forma de pensar, ou não. Nessa lunação pisciana, vamos tratar dos sentimentos que ainda nos prendem às nossas crenças limitantes. Enquanto não houver uma mudança de sentimento, não há uma verdadeira mudança de pensamento. E no final das contas, é tudo sobre o sentimento: amor. Estamos aqui na Terra pra aprender a amar. A quinta dimensão da consciência se abre a partir do chacra do coração. Por isso, ainda estamos em um astral de cura, agora sob uma energia espiritual, inspiradora, intuitiva e criativa. Uma abertura pra acessar energias mais sutis, nos libertar da roda de repetições do carma e imaginar uma vida nova, em um novo mundo.

Peixes é o último signo do zodíaco, que corresponde ao último mês do ano astrológico. E tudo escoa para o oceano, fim e princípio da vida. Nesse momento, temos muitas revisões a fazer. Assuntos retornam pra serem curados com uma nova compreensão, o que se trata, essencialmente, da necessidade de perdão. Seja pra terminar uma história, seja pra concluir um capítulo e começar outro, nessa lunação de Peixes precisamos perdoar e ser perdoados. Enquanto não houver perdão, o fluxo da energia fica preso e não evoluímos.

Mercúrio iniciou o movimento retrógrado ontem, dia 5 de março, e só volta a andar pra frente nos últimos dias da lunação, em 28 de março. Mas o ano novo astrológico começará no meio disso, no Equinócio de Outono, dia 20, quando o Sol entrar em Áries e ao mesmo tempo a Lua for Cheia em Libra. A Lua Cheia é sempre uma colheita (já leu meu texto na página da Mandala da Lua pra acompanhar esse horóscopo lunar em todo o seu potencial de manifestação?). Uma Lua Cheia em pleno ano novo astrológico será o momento de fazer as escolhas para o novo ano, que começará pra valer na Lua Nova em Áries, dia 5 de abril.

Até lá, ainda podemos experimentar algumas confusões da retrogradação de Mercúrio em Peixes, esse signo de imaginações, mas também de ilusões e enganos. Chega de fake news, chega de mentir pra nós mesmos. Quem tiver em sintonia com a intuição – e nisso a Mandala da Lua pode ajudar – vai viver um ciclo de muitos esclarecimentos, recuperando a magia da vida. E aí, quando a Lua for Cheia em Libra, vai estar menos à mercê do destino e mais no seu poder de co-criação com o universo, que responde pelo bem maior de todos e do planeta. Co-criar é uma abertura pra receber as oportunidades de realizar suas intenções! Quanto mais tentamos controlar um determinado resultado, mais fechamos o campo das possibilidades infinitas.

Com Urano em Touro a partir de hoje e pelos próximos sete anos, estamos cada vez mais conectados ao nosso planeta e à natureza. Pés no chão: Urano em Touro pede respeito aos nossos recursos naturais. É uma nova consciência sobre nosso poder de manifestação, o que promoverá uma nova visão do nosso sistema financeiro e produtivo, dos nossos gostos, valores e senso estético. Por um mundo menos capitalista e mais sustentável. Por um mundo mais belo!

O próximo horóscopo lunar será publicado no dia 5 de abril.

A lunação de Aquário – de 4 de fevereiro a 5 de março

A lunação de Aquário – de 4 de fevereiro a 5 de março

O Mapeando está de volta! E agora com a proposta de promover a conexão entre o Céu e a Terra, acompanhando mais de perto os ciclos lunares, que chamamos de lunação. Sempre dei muita importância aos ciclos de lunação aqui no Mapeando, quem já me acompanhava, sabe. Mas a partir de agora, só vou publicar o horóscopo na Lua Nova, e valorizar o processo de cada signo em cada fase da Lua. Temos aqui no site o menu “Mandala da Lua”. Ali, além de aprender sobre o que é lunação, você vai saber como recuperar o poder de manifestar suas intenções!

Mas vamos falar da lunação de Aquário que começou na Lua Nova de 4 de fevereiro. Nesse momento que o planeta está passando por uma expansão da consciência, a lunação aquariana chegou como um reinício, a possibilidade da gente se alinhar com nossos propósitos e criar algo novo na nossa vida! Desde o ciclo passado, pontuado por eclipses, que já estamos revisando nossos modos de pensar, ser, estar e sentir, nos libertando das crenças limitantes, dos padrões de pensamento e dos pontos de vista fixos que fecham nosso campo de possibilidades infinitas, o campo da co-criação com o universo. Co-criar, esse termo de que têm falado tanto ultimamente (alguns escrevem “cocriar”, mas eu acho que assim fica muito estranho, gosto do hífen!), é uma abertura pra receber do universo as melhores oportunidades pra realizar nossas intenções. Quando a gente tenta controlar pra ter um determinado resultado, diminui bastante as possibilidades de ter algum resultado que seja bom pra gente, para os outros e para o mundo – porque o universo responde por todos!

Estamos nos tornando cada vez mais conscientes de como nossos pensamentos e sentimentos afetam nossa realidade. Essa consciência está se abrindo pra todos nós, mas ainda tem muita resistência. Isso significa que ainda tem gente resistindo à mudança, ainda tem muito preconceito e muito julgamento, enquanto que essa nova dimensão da consciência é ancorada no coração. E o problema da resistência é que ela cria mais sofrimento.

Como o novo Mapeando só está estreando hoje, dia 19 de fevereiro, começamos o mapeamento dessa lunação aquariana já na Lua Cheia em Virgem. Essa colheita já tem um astral diferente daquele que abriu o ciclo, pois o Sol acabou de entrar em Peixes. Agora, tudo o que até aqui estava mais no plano das ideias – estamos falando de “crenças”, né? – vem para as emoções. Agora começamos a mudar nossos sentimentos! A Lua Cheia de Virgem é curativa! E a cura é pelo coração. Os bloqueios mentais vão se dissolver se a gente deixar escoar as emoções.

Essa é a maior Super Lua do ano, a mais brilhante. Virgem é um signo do elemento terra, o único no zodíaco cuja imagem é a de uma mulher. Tempo de honrar nosso planeta, nossa natureza, nosso sagrado feminino! Estamos no planeta Terra pra aprender a amar. Em Virgem, temos que ter discernimento, essa palavra meio difícil que nem todo mundo entende o significado. Mas não tenho palavra melhor pra descrever o processo virginiano, que pode passar pela análise, pela crítica, pela seleção e pelo aperfeiçoamento – e afinal é isso: discernimento. E isso tem a ver com autocuidado. Não, você não precisa provar o seu valor pra ninguém, você só precisa amar!

Podemos começar por romper com os hábitos que estavam intoxicando nosso corpo, nossa mente, nossas relações e nosso planeta, criando uma rotina mais saudável. Precisamos ancorar na Terra, porque é através da Terra que nos transformamos, nosso poder de manifestação depende de estamos com os pés no chão. É assim que suas verdadeiras intenções vão ficar mais claras. Nas próximas duas semanas, cada um tem o seu trabalho pessoal pra chegar a essa compreensão.

O próximo horóscopo lunar será publicado no dia 6 de março.

Scroll to top